"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

NO VENTRE DA BESTA - A vez de Roraima...


"A melodia da vara de nogueira ao castigar um colegial não é propriamente a experiência necessária para ministrar informações à sua inteligência - e qualquer maldito idiota sabe disso. O que ele aprende desse modo, é o mesmo que um cão aprenderia: obedecer."
Jack Henry Abbot
(No ventre da besta)


Encontrei o mendigo K. profundamente chocado com o novo massacre de presos lá numa penitenciária de Roraima. Disse chocado, mas na verdade ele estava indignado, furioso, indignado. Colocou-me o braço direito no ombro e foi dizendo:
É evidente que essas matanças nos presídios têm também uma mensagem metafísica endereçada aos carcereiros e a nós que estamos temporariamente aqui fora. Com essas chacinas, os presos (legalmente presos ou ilegalmente presos) podem estar se burlando de pelo menos três dos valores mais apreciados pela burguesia: a liberdade, a estética corporal e a vida. Essas decapitações com mutilação dos corpos entre eles, no fundo, podem ser para nos dizer: "nós estamos cagando para o vosso estilo de liberdade, para com vossa obsessão plástica e para com vosso sonho de longevidade!" 
"Nós nos matamos e nos desfiguramos entre nós mesmos já que vocês não tiveram coragem para tanto ou evitaram sujar os punhos  de vossas camisas! Nós cagamos para os cadeados, para as grades e para os muros das cadeias porque nossa liberdade não é da natureza vil da vossa! 
Não lemos Max Weber mas temos plena consciência que a violência e que o crime que o Estado comete contra nós é mil vezes mais desumano e abjeto que os que cada um de nós eventualmente tenha cometido. Nossos crimes foram passionais! Absolutamente passionais! Enquanto que os do Estado são frios, planejados, infames e meticulosos! Se as condições miseráveis e terríveis do Sistema Carcerário Brasileiro são uma estratégia para enlouquecer-nos e para eliminar-nos, (uma espécie de Sibéria tropical) tudo bem, mas um dia, parafraseando aquela lúcida prostituta parisiense, os senhores haverão de saber "quem nós realmente fodemos e por quê".

3 comentários:

  1. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/01/08/internas_polbraeco,563980/nova-rebeliao-em-cadeia-publica-de-manaus-deixa-ao-menos-tres-mortos.shtml

    ResponderExcluir
  2. http://oglobo.globo.com/brasil/quatro-detentos-sao-mortos-em-nova-rebeliao-em-manaus-20744822

    ResponderExcluir
  3. Bazzo,
    Assista o Gabeira tratando da matança em manaus:
    http://g1.globo.com/globo-news/fernando-gabeira/videos/v/fernando-gabeira-vai-a-manaus-discutir-a-crise-nas-cadeias/5558155/

    ResponderExcluir