"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 4 de dezembro de 2016

Morre o autor de POEMA SUJO. Seu último pedido esclarece bem como foi a dialética e a transmutação da política brasileira das últimas décadas...

Para ouvir a música clicar no canto esquerdo da faixa


Um comentário:

  1. Todo mundo imaginava que ele fosse pedir: me leva para o Morro do Alemão!

    ResponderExcluir