sexta-feira, 22 de julho de 2016

Deus não está morto! Estamos apenas passando por um período de desvalorização...

Hoje, sexta-feira, dia em que a cidade acordou ainda mais paranóica do que de costume, vendo terroristas por todos os lados, mochilas abandonadas, nuvens em movimentos anormais, caixas de papelão emblemáticas, gente com casacões de inverno suspeitos, garrafas de água com uma coloração nunca vista e que emitiam um tipo de assobio quando colocadas em contacto com o vento, bruxos malignos, robots explosivos, árvores venenosas balançando seus ramos, pernilongos com arsênico nas asas, velhinhos mal intencionados fingindo que estão com parkinson, bengalas com gatilhos e umas até com punhais embutidos,  paralelepipedos misteriosamente soltos, crianças em seus laptops e em seus WhatApps encomendando chupetas, helicópteros e metralhadoras, vozes em idiomas nunca ouvidos, mensagens advindas não se sabe se do Paraguay ou do além. Ouvi até os porteiros de um prédio dizendo que viram o Rasputin atravessando a rua em direção ao Itamaraty onde pretendia adquirir uma passagem para o Rio e etc. Segundo um jornal local de hoje, teve até um cantor que chamou a policia porque sua namorada amanheceu com o intestino preso... Enfim, nesse dia que ficará na história da intelligentzia humana, encontrei o mendigo K., calmamente fumando e tomando sol no viaduto que há entre o Conjunto Nacional e o Conic.
Estava ao lado de um andarilho que frequentemente, nos meses de julho, passa aqui pela cidade levando às costas uma cruz de uns 40 quilos. Do alto de meus 66 anos - me disse - não tenho mais dúvidas: o único DEUS que a humanidade respeitou e cultuou verdadeiramente até hoje foi o dinheiro. Apesar, claro, da hipocrisia, das grutas e das capelinhas à beira das estradas, das suntuosas catedrais, das novenas, dos delirantes (delirantes no sentido clínico) de todas as classes e etc. Daí a dificuldade e a fracassada luta contra a corrupção. Querer banir a corrupção e ainda mais, por decreto, é muito mais utópico que querer banir a fé. Os russos, os chineses, os comunistas e os anarquistas em geral já perderam séculos nesse projeto e tudo foi em vão. 
A humanidade, instalada neste planeta como um bando de ratazanas está convicta de que a fé, mas principalmente os 10% a conduzirá "de volta"ao paraíso. Por isso que pretender estabelecer um diálogo lógico com um corrupto ou com um crente, com um idiota igual a esse aí (apontou discretamente para o andarilho) é um projeto tolo e falacioso. Agora, que o dinheiro tenha sido até hoje o único DEUS da humanidade é até compreensível. Reflita e faça um teste:
1. Na hora do jantar, quando suas tripas começarem a uivar, coloque-se de joelhos em casa implorando a DEUS por uma pizza, para ver se ela chega. Depois de umas duas horas de inútil pregaria, pendure o rosário, abra a carteira e ligue para o restaurante mais próximo. Em dez minutos estarão batendo à sua porta com uma margherita fumegante...
2. Tente arrancar um desempregado da depressão levando-o para uma das trezentas seitas que há aqui em Brasília. Inútil. Mas no dia que ele, por acaso, encontrar ali pelos lados do Congresso Nacional, perdida ao lado do meio fio, uma carteira recheada de euros, seu cérebro voltará imediatamente a produzir dopamina;
3. Veja as mulheres que vêm há décadas fazendo novenas a Santo Antonio para que ele lhes arranje um casamento. Pura perda de tempo! Mas basta ela herdar meio milhão de seu tataravô para que logo fique rodeada de otários e apaixonados pretendentes...
4. Veja os sujeitos broxas que há décadas, já estão com calos nos joelhos de tanto frequentar as catedrais pedindo a Deus alguma solução para sua impotência. Silêncio total das divindades! Inclusive de Plutão, o deus da luxuria e dos infernos! Mas basta que ele tenha 50 reais para comprar meia dúzia de comprimidos na farmácia da esquina para que o Milagre da Ereção aconteça...
5. Observe os sujeitos que estão encarcerados há meses numa dessas prisões imundas, e mais, injustamente. Eles que passam os dias solitários da prisão de joelhos pedindo a Deus por justiça e por liberdade, decorando seus livros santos com seus patuás e suas novenas pregadas às paredes, implorando por uma graça... e nada! Nenhuma, absolutamente nenhuma manifestação do além. Mas basta alguém de fora da prisão ter 5 mil reais para pagar um habeas corpus a um advogadozinho qualquer e pronto, no próximo domingo já estarão andando de bicicleta por aí...
6. Veja os velhinhos que lá pela meia noite, estacionam ali na 315 e ficam implorando favores àquelas moças. Pelo amor de Deus! Insistem, com a braguilha aberta e quase soluçando. Elas passam quase nuas a meio metro daqueles pobres miseráveis e ainda os olham com certo nojo e desprezo. Mas, quando por fim, aqueles pão-duros resolvem mostrar-lhes uma nota de 100, todas se colocam imediatamente de quatro. É ou não é o dinheiro que produz os maiores e mais insólitos milagres?
Enfim, concluiu, falando mais alto e na direção do andarilho da cruz: "Com dinheiro tudo se compra. As bênçãos das santas e o crânio dos heróis, a camisa de dormir da tua noiva e o rosário do teu confessor. Ciganas e écuyères, saltimbancos e mendigos, fidalgos e aguardente, trapeiros e sacerdotes, coveiros e apóstolos, santos e famintos, sultanas e cadelas, bobos e cortesãs, escravos e libertos, tudo isto é da sua corte. O próprio Deus, o próprio céu rende-se, quando se lhe mostra um punhado de ouro".

9 comentários:

  1. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2016/07/22/interna_diversao_arte,541251/belo-chama-a-policia-apos-gracyanne-barbosa-ficar-com-intestino-preso.shtml

    ResponderExcluir
  2. http://veja.abril.com.br/brasil/entrevistas-de-ministros-sobre-prisoes-de-suspeitos-de-terrorismo-irritam-governo/

    ResponderExcluir
  3. Uma atleta americana com bom senso irrita os brasileiros... orgulho de que esse povo tem ?

    http://www.otempo.com.br/superfc/futebol/hope-solo-provoca-a-f%C3%BAria-dos-brasileiros-com-kit-anti-zika-1.1342050

    ResponderExcluir
  4. Tudo me faz lembra de quando estreou a moeda real, em 1994. Aqui no centro de Campo Grande, diante do banco do Brasil, numa rua sem árvore, pra proteger o carro-forte trazendo o dinheiro, um tanque do exército com camuflagem de selva!
    Se uma quadrilha atacasse o carro-forte, o quê o tanque faria?
    Dispararia o canhão?
    Tentaria perseguir o carro dos bandidos?

    ResponderExcluir
  5. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/07/24/interna_cidadesdf,541451/pm-mobiliza-operacao-para-averiguar-mala-descartada-em-conteiner-da-10.shtml

    ResponderExcluir
  6. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2016/07/24/internas_polbraeco,541483/homem-que-ameacou-explodir-local-de-prova-da-oab-na-bahia-se-entrega.shtml

    ResponderExcluir
  7. http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,fomos-conversando-no-caminho-numa-boa-diz-suplicy-sobre-pms-que-o-prenderam,10000064854

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana!
    É por essas e outras que ninguém fala em auditoria da dívida pública.
    www.auditoriacidada.org.br
    O rombo da Petrobrás é dinheiro de pinga perto do que nos roubam amparados pelo direito.

    ResponderExcluir
  9. Muito bacana!
    É por essas e outras que ninguém fala em auditoria da dívida pública.
    www.auditoriacidada.org.br
    O rombo da Petrobrás é dinheiro de pinga perto do que nos roubam amparados pelo direito.

    ResponderExcluir