"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 2 de março de 2017

A irresponsabilidade e a idiotice da liberdade de culto...

Nicarágua: mulher ‘possuída’ morre após ser queimada por religiosos... (E la nave va...)



_______________________________________

A sociedade (esse ghetto de malandrins e de ignorantes) ainda pagará caro por demagógica e idiotamente defender e garantir o direito ao culto, às religiões, aos mais miseráveis e messianicos agrupamentos de crápulas.
Veja-se esse caso ocorrido recentemente na Nicaragua, que se repete quase que diariamente no mundo, e aqui no Brasil...
Ah!, mas a Constituição permite que esses idiotas acreditem naquilo que bem entenderem e mais, que inclusive abram igrejas e pressionem seus filhinhos e outros idiotas a crer com eles!
SIM!!! Mas então que se mude a Constituição! 
Com todos os ASPONES que o Congresso Nacional dispõe é possível, em duas horas, varrer essa excrescência para a rede de esgotos. 
Liberdade de pensamento, de crença, de imaginação é uma coisa... Agora... Coerção social, bullying e assassinatos em nome de um deus e de um diabo imaginários é uma vergonha, uma psicopatologia e uma indecência...
______________________________________________
Em tempo: E escrevo isso sabendo que não apenas o avestruz, mas até mesmo os cegos em uma situação de medo ou de pavor se tapam os olhos...





Por Da redação
access_time 1 mar 2017, 13h21 - Atualizado em 1 mar 2017, 13h27 

Caso de mulher 'possuída' queimada em fogueira em igreja evangélica na Nicarágua (Polícia Nacional da Nicarágua/Reprodução)
O caso da mulher que morreu após ser jogada em uma fogueira por grupo religioso por estar “possuída” revoltou a população da Nicarágua. Vilma Trujillo García, de 25 anos, sofreu queimaduras em quase todo o corpo em um ritual da igreja Assembleia de Deus realizado na quinta-feira passada, e morreu ontem.
Segundo Reynaldo Peralta, marido da vítima, Vilma foi despida antes de ser amarrada e jogada no fogo.
A Polícia Nacional prendeu o pastor Juan Gregorio Rocha Romero e quatro supostos cúmplices, que são apontados como responsáveis pelo crime.
O incidente aconteceu na comunidade rural de El Cortezal, no município de Rosita, na Região Autônoma Caribe Norte (RACN), no nordeste da Nicarágua.
Com queimaduras em 80% do corpo, a mulher chegou a ser transferida para um hospital na capital Manágua, mas com poucas chances de continuar viva, afirmou Peralta. Vilma era mãe de duas meninas.
(Com EFE)

3 comentários:

  1. http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/kalil-veta-projeto-que-torna-obrigatorio-ensino-religioso-nas-escolas-municipais.ghtml

    ResponderExcluir
  2. http://www.paulopes.com.br/2012/01/quem-acredita-em-divindades-gosta-de.html#.WL20-hT84tk

    ResponderExcluir
  3. http://brasil.elpais.com/brasil/2017/03/08/internacional/1488947706_403047.html

    ResponderExcluir