"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 4 de maio de 2016

E o capitalismo volta a enrabar Cuba...


Para ouvir a música clicar no canto esquerdo da faixa


Depois do Obama, dos Rolling Stones, do transatlântico que partiu de Miami cheio de turistas e ancorou ontem em Havana agora foi a vez das modelos da Coco Chanel  colocarem os pés na ilha. (Atenção: não confundir com Cocô.) Apesar do Grama de hoje não escrever uma linha sequer sobre o assunto, a Chanel (para o delírio dos nativos) fez um desfile de arromba pelas encantadoras ruas de Havana... Até o Che foi usado como fantoche desse delírio fútil da espécie... Portanto, quem guiser devorar um Big Mac e bebericar um milk shake assistindo as ondas estourando por sobre o Malecon é só ter um pouquinho de paciência... Enfim, fazendo um contraponto ao pensamento de Che Guevara, de que "ser jovem e não ser revolucionário é uma contradição genética", nós afirmamos: ser velho e não ser reacionário seria um aborto da natureza.









http://www.corriere.it/esteri/cards/avana-passerella-all-aperto-cubani-impazziscono-chanel/sfilata_principale.shtml

Um comentário:

  1. nternacional.estadao.com.br/noticias/geral,nos-primeiros-4-meses-de-2016--cuba-recebeu-94-mil-cidadaos-americanos,1864854

    ResponderExcluir