"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Como resmungaria Freud, entre uma baforada e outra: O que querem, afinal, essas pequenas e adoráveis histéricas?

Um comentário:

  1. http://veja.abril.com.br/politica/mulher-diz-que-e-marido-de-dilma-e-tenta-invadir-palacio-do-planalto/

    ResponderExcluir