"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Acredite... se puder...






2 comentários:

  1. vai ocorrer o milagre da multiplicação do dinheiro na conta bancária desses espertinhoos aí, depois dos dízimos.

    ResponderExcluir
  2. Cada coisa que a gente vê! Me faz lembrar o rio Ganges, considerado "sagrado", mas na verdade uma latrina a céu aberto onde fanáticos tomam banho em suas águas para "se purificarem", mesmo sabendo que o rio tem até cadáveres boiando e apodrecendo (nunca visitei a India mas o vi através de documentários).Esses pastores fazem um teatro hilário desses, até a voz deles é parecida com o tom de voz do seu líder.Se eu tivesse que crer num deus, seria o deus do gnosticismo, o Agnosthos Theos, aliás tem um livro chamado "A religião proibida" que tem para baixar, muito interessante onde resume bem aquela gnose das antigas, a verdadeira. Mas, enfim, eu não tenho certeza de nada...tudo é loucura e fúria e desejo de grana e poder...
    Rogério Silvério de Farias.

    ResponderExcluir