"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 17 de abril de 2014

A BIENAL... (Ou o temor que os rios sequem...)

Passei furtivamente ontem à noite pela BIENAL DO LIVRO e ouvi por tabela um senhor de sotaque lusitano palestrando sobre bio-diversidade, energia e finitude do planeta... pura teologia! Caí fora o mais rápido possível ouvindo alguém anunciar que amanhã será a vez do Monsieur das Veias Abertas e mais tarde se apresentará o monsieur Suassuna...... Que horror!E que perda de tempo! Sorte que la fora, no meio da noite e da friagem de abril um casal de loucos cantava Quizás quizás quizás...

Um comentário:

  1. Muito bom teu blog, escreva mais! Dá uma olhada a que ponto chega a maldade humana:
    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/pai-e-madrasta-sao-presos-acusados-de-matar-menino-com-injecao-letal

    ResponderExcluir