"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Caçar pokemon. A moda atual de uma sociedade (ou de uma espécie) fútil e sob os escombros...


Para ouvir a música clicar no canto esquerdo da faixa


Conforme vocês podem ver nas manchetes abaixo, o noticiário de hoje está muito mais curioso do que qualquer sujeito, 
minimamente sóbrio, poderia imaginar. Nem num hospício se teria um noticiário desses. Um noticiário que, em um único dia, evidenciasse tanto o desvario geral... 
Deixei de incluir aí, por puro esprit de porc, (corporativismo) a manchete que trata dos funcionários públicos aqui da urbe que, para fugir do tédio burocrático, passam as manhãs e as tardes nos fundos dos ministérios coçando o saco e caçando pokemon...
________________________________________________________________________________





4 comentários:

  1. Falando em escombros. Alguém que teve a sinceridade de ser lúcido nesse circo!

    http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/08/imagem-chocante-de-menino-nao-vai-mudar-nada-diz-pediatra-sirio.html

    ResponderExcluir
  2. BAZZO, veja as lições de uma idiota sobre o Pokemon

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2016/08/20/interna_ciencia_saude,545203/psicologa-fala-sobre-os-beneficios-e-prejuizos-do-pokemon-go.shtml

    ResponderExcluir
  3. Grande Ezio, lembrei-me, e vou reler, o seu grande livro "Manifesto Aberto à Estupidez Humana..."

    ResponderExcluir
  4. Já, quanto aos funcionários "coçando o saco", nada mudara desde a década de 80, quando trabalhávamos no MEC...só mudou mesmos os "pokemons"...rs

    ResponderExcluir