"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

A camisinha & Philip Milton Roth...


Sempre que se aproximam as festas dionisíacas do carnaval o Ministério da Saúde entra em cena com sua distribuição de "camisinhas", como se todo mundo estivesse esperando essa data para sair por aí na maior trepação. Entendo a justificativa dos doutores e das donas de casa, mas sinto que há algo demasiadamente tupiniquim nesse teatro e neste protocolo samaritano. Inclusive, porque neste ano, o ano dos mosquitos, é de suma importância lembrar aos foliões que, além da camisinha, também não podem esquecer de untar as nádegas com repelente...  
E já que falei em trepação, cito abaixo o parágrafo que sublinhei recentemente num dos livros do escritor mais respeitado da contemporaneidade: Philip Roth:
"Quando dois cachorros trepam, parece haver pureza. Eis ali, pensamos, uma foda pura, entre animais. Mas, se pudéssemos conversar com eles, provavelmente iríamos acabar constatando que até mesmo entre os cães existem, em forma canina, essas distorções malucas do anseio, do enrabichamento, da possessividade, até mesmo do amor..."

Um comentário:

  1. BAZZO,
    Veja o absurdo dessa noticia
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2016/01/29/internas_polbraeco,515762/no-pais-campeao-de-cirurgia-intima-mulheres-contam-suas-historias.shtml

    ResponderExcluir