"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 6 de setembro de 2015

O desvario de um mundo crápula e simplório...

Nesta semana a mídia turbinou seu "ibope" com três matérias que mobilizaram o moralismo, a burrice e a hipocrisia nacional.

1. As imagens de uma penitenciária feminina de SP, onde as presas aparecem fazendo uma festa de arromba regada a cachaça, maconha e cocaína. 
Que escândalo murmuram todos os farsantes! Sem se lembrarem que nos finais de semana há festas idênticas ou semelhantes por aí nas mansões, nos "lares" e até nas quermesses e que os protagonistas principais são seus familiares, amantes ou amigos... geralmente gestores oficiais do Estado, da Família e da Propriedade...

2. A divulgação dos salários dos funcionários da Câmara Legislativa do DF. 
O rebanho hipócrita fingiu ficar boquiaberto com sete ou oito funcionários que recebem salários estratosféricos, mas não deu a mínima importância à imensa maioria que ganha salários miseráveis...

3. O escândalo e a comparação entre os gastos mensais de gasolina dos deputados federais do DF. 
Seriam suficientes para dar várias voltas ao redor do mundo - diz a matéria. Evidentemente, com uns deputados gastando bem mais que os outros. Ninguém se perguntou se os que gastaram menos de um tanque o fizeram por ética ou porque passaram os trinta dias dormindo...

Enfim: Está mais do que evidente que o Estado (esse mal sem solução) primeiro empurra o sujeito para a delinquência e depois o ridiculariza e o prende...

Um comentário:

  1. Pena que o video não mostrou a orgia que deve ter rolado depois do pó.

    ResponderExcluir