"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 20 de março de 2011

Enquanto isso, escrito na camiseta de uma manifestante marroquina em Rabat:


 [NÃO NECESSITO DE SEXO. O GOVERNO JÁ 

ME FODE TODOS OS DIAS!!!]  

ABDELHAK SENNA (AFP)


Nenhum comentário:

Postar um comentário