"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Só quem te conhece por dentro pode te entender...

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. muito bom! como sempre Ezio!

    Para
    Você que aprova a política de "pacificação do Rio", há 99% dessa música descrever VOCÊ http://canalhadavarzea.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Há uma outra música em que o cara canta o seguinte:
    "eu só quero ser feliz e andar tranquilamente na favela onde nascí..." e por aí vai.
    Porra ,fico me perguntando como é que o cara quer ser "feliz" em um lugar onde não há infra estrutura alguma e o cheiro de esgoto é sempre presente???
    Vai ver que existe felicidades e felicidades né?

    ResponderExcluir
  4. Pra quem esteve ou está lá dentro é tudo na pele, todo dia. É tudo explícito. Não tem ficção mais. Qualquer menção à farsa é coisa ultrapassada ou animação, pra quem tá de fora. Bj.

    ResponderExcluir