"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

O Sim e o Não dos pretensos Califes... Y asi se van los dias...

Desta vez a votação no Congresso Nacional foi um pouco diferente daquela do impeachment da Dilma. Apesar de algumas sutis e breves insinuações, não se falou em Deus, nem em Cristo e nem na família. O que aconteceu com nossos califes? Estariam se convertendo ao satanismo? Aliás, houve um dos votantes que, ao dizer SIM, o fez - segundo ele-, para votar contra o marxismo. Marxismo? Marx? Marx estaria ocupando o lugar de Deus? De Cristo e da familia? - E Marx - segundo uma petite histerique - que tem um canal no Youtube, nem era ateu, mas sim satanista. Pobre Marx! Numa manhã de primavera, lembro que visitei sua tumba lá no Cemitério..Highgate, em Londres. Sete ou oito fanáticos latinoamericanos queimavam incenso lá, aos pés do monumento, em homenagem aos ossos daquele homem que passou a vida inteira mais preocupado com seus furúnculos do que com o Kapital. Eu, particularmente, simpatizo com ele. Toda vez que leio jornais, que tenho que resolver assuntos trabalhistas, políticos ou religiosos, quando volto para casa vou logo abrindo seu Manifesto que, para mim, funciona como uma cabala, como um ópio ou até mesmo como uma brochura de auto-ajuda. Enfim, assistindo aquele show quase ginasiano e quase insensato de ontem à tarde, me fiz a mesma pergunta que esta lá no livro de Françoise Cloarec sobre os asilos manicomiais da idade média no mundo árabe (Bîrmâristâns, lieux de folie et de sagesses): "Qui est à l'abri? Les fous à l'abri du monde ou le monde à l'abri des fous???"

Um comentário:

  1. http://veja.abril.com.br/blog/veja-gente/chamada-de-gostosa-deputada-sheridan-vai-recorrer-na-camara/

    ResponderExcluir