"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Safo e a Prisão de Tremembé...




Quem é que não adoraria vê-las lá sobre um rochedo, no meio das espumas efervescentes do mar Egeu se apalpando e lendo os poemas da madrinha Safo?

3 comentários:

  1. http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/namorada-de-suzane-von-richthofen-e-temida-na-cadeia

    ResponderExcluir
  2. Cenas absolutamente maravilhosas de lesbianismo que deixam qualquer um(a) com muito tesão! http://www.youtube.com/watch?v=mw5xrT5EhNM

    ResponderExcluir
  3. ézio esse casamento tá com cara de forçado, já que o sapatão ali manda na cadeia e quem não obedecer apanha.

    ResponderExcluir