"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Como ser diferente dos pais!? Ou, maturidade precoce...


2 comentários:

  1. Excelente, Ezio. O filme mostra o quanto os adultos são ridículos e o que estamos fazendo com as futuras gerações.

    ResponderExcluir
  2. Mas vem cá, como explicar então isso aqui de baixo, falta de amor próprio?:

    http://www.youtube.com/watch?v=AT34SQi1aQU

    ResponderExcluir