"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

A Cura gay e a idiotice vigente...

[Ne maudis pas les ténèbres, allume ta chandelle!]
Thomas S. Szasz
(In: le péché second)

Os jornais estão bombando com a volta da discussão sobre A CURA GAY. Os pastores insistem que os gays devem ser curados e atribuem à psicologia essa insólita tarefa. Parece que até conquistaram o apoio da justiça, pois ontem um juiz aqui da cidade determinou (derrotando uma petição do CFP) que SIM, os psicólogos podem praticar a Cura Gay. (faltou ao ilustríssimo juiz
dizer com que técnica, com qual método, a partir de qual marco teórico e a serviço de quem).
É evidente que há uma ignorância imensa por trás dessa discussão e que as partes envolvidas parecem não ter a mínima idéia do que é um processo analítico ou um processo psicoterapêutico.  É evidente que a imensa maioria ainda confunde a formação de um psicólogo com a de um teólogo, de uma freira, de um adivinho ou até mesmo de um policial. Por isso é que essa discussão infame toma esses ares de primarismo acabrunhador...  que nos causa vergonha! 
Quem vai a um psicólogo - consciente de que ele não é um feiticeiro e nem um xamã - não vai em busca de cura alguma.  Curar-se? Curar-se de quê? Um psicólogo não cura nada, não foi treinado para curar nada. Seu papel é outro. Quem quiser saber qual, que se debruce sobre as 3426 páginas da Obra Completa de Freud. E se, eventualmente, um sujeito  está em conflito com a sua sexualidade ou com seu cardápio (seja ele homossexual, heterossexual, pansexual, assexuado, pedófilo, zoófilo, teófilo ou o que quer que seja) pode recorrer sim, a um profissional da área da psicologia, da psicanálise ou da psiquiatria para entender e esclarecer para si mesmo o que lhe está acontecendo. E, se a partir daí, resolver mudar radicalmente, direcionar seu desejo para outro objeto qualquer, para as árvores do parque da cidade - por exemplo - poderá fazê-lo ao "bel prazer" sem que ninguém, e muito menos o psicoterapêuta (suposto-saber) interfira em sua decisão. 
Mas, atenção:  É importante reconhecer que esse projeto idiota dos pastores não é inédito na história do mundo, que também os heterosexuais trazem até hoje nas costas as marcas do chicote clerical e que a maioria dos transtornos genitais de homens e mulheres da atualidade está calcada na repressão secular que sofreram. As igrejas, no geral, sempre pretenderam curar, não apenas os gays, as lésbicas e os libertinos, mas todos os seres sexuados. É evidente que o conflito e o problema dos religiosos, não é com a homossexualidade, é com os bagos e com a vulva... Em uma palavra, com a sexualidade. Se sua crença fanática no absurdo não lhes permite conviver nem com o próprio desejo, imaginem então, com o dos outros... 
E já que falei em religiosos, um pormenor importante nesta discussão é registrar que nos últimos anos os religiosos de todas as categorias, seitas e laias praticamente invadiram e se apropriaram das faculdades de psicologia e de direito pelo país afora.  Por que? Porque acreditam (equivocadamente) que ali podem existir  instrumentos de maior eficiência para turbinar o adestramento da fé, da submissão e da moral pré vitoriana sobre o populacho.





10 comentários:

  1. importante canal do youtube faz denúncia EXCLUSIVA, importantes pensadores brasileiros da atualidaes são GAYS...nossa! veja o link:
    https://www.youtube.com/watch?v=JdUgfsauGN0

    ResponderExcluir
  2. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/09/20/internas_polbraeco,627348/alem-da-justica-do-df-camara-tambem-discute-proposta-sobre-cura-gay.shtml

    ResponderExcluir
  3. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/09/1920160-em-carta-escrita-em-1935-sigmund-freud-negou-possibilidade-de-cura-gay.shtml

    ResponderExcluir
  4. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/09/21/internas_polbraeco,627908/juiz-da-cura-gay-diz-que-decisao-foi-interpretada-equivocadamente.shtml

    ResponderExcluir
  5. http://blogs.correiobraziliense.com.br/igualdade/nao-ha-cura-para-o-que-nao-e-doenca/

    ResponderExcluir
  6. http://veja.abril.com.br/brasil/para-psicologos-com-acao-na-justica-homossexualidade-e-adquirida/

    ResponderExcluir
  7. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2017/09/22/interna_ciencia_saude,628007/que-terapias-serao-usadas-na-cura-gay.shtml

    ResponderExcluir
  8. https://www.youtube.com/watch?v=qIy0nLRtKXc

    ResponderExcluir
  9. https://www.youtube.com/watch?v=d5YdkJy0l1A

    ResponderExcluir
  10. https://www.youtube.com/watch?v=bEuJXcAShmg

    ResponderExcluir