"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

segunda-feira, 1 de maio de 2017

PRIMEIRO DE MAIO: (... e os mesmos impostores de sempre tentando legitimar e até romantizar a escravidão)...


"...Mas se não existe nada além da terra e das bestas humanas que a remexem - é preciso que os filhotes dos homens se habilitem e comecem a remexer: porque não há outra ocupação, a menos que se falsifiquem as velhas palavras cristãs... (...) Nizan gostava de Epicuro, a quem, mais tarde elogiou: este se dirigia a todos, às putas e aos escravos, e nunca lhes mentia..."
(Sartre, no prefácio do livro de Paul Nizan: Áden Arábia)






3 comentários:

  1. http://oglobo.globo.com/economia/dia-do-trabalho-tem-atos-em-diferentes-pontos-de-sao-paulo-21280412

    ResponderExcluir
  2. http://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/29/internacional/1493488767_303089.html

    ResponderExcluir
  3. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2017/05/01/interna_mundo,592474/confrontos-em-paris-marcam-a-marcha-pelo-1-de-maio.shtml

    ResponderExcluir