"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Sexta-feira da paixão - Atenção: hoje nada de carne rosada...

"Partem para os céus os hinos em louvor dos homens que viveram virtuosamente. Cânticos aos sacerdotes que honraram os seus votos. Da mesma forma sobem aos céus os cânticos das rãs, quando em cachoeiras as chuvas caem sobre a terra. A música das rãs mistura-se num concerto com a música das vacas acariciando seus novilhos..."
Canto das rãs, contido num livro antigo, citado por Thomas Merton, em : Zen e as aves de rapina.

Várias igrejas aqui da cidade apresentam nesta manhã ensolarada o teatro da paixão, com a tradicional vía-sacra, a via crúcis e suas14 estações, com um ator representando um Cristo submisso, cabisbaixo, derrotado e ensanguentado sendo chicoteado enquanto arrasta uma cruz nos ombros...  Como fundo de cena, o Congresso Nacional!!! (teriam apoio da Lei Rouanet?  Perguntava um professor neurastênico que está sem receber salário há dois meses. Não!, dizem que é o governo do DF que vai bancar sozinho as principais encenações, mesmo com o racionamento de água, com os postos de saúde em pedaços e com  as escolas em ruínas...)
 Os mais velhos, já com a testosterona bem abaixo da reserva olham para aquela encenação com tremedeira e com lágrimas nos olhos, mas as crianças... estas parecem estupefatas, cínicas e assustadas. Um adolescente que circulava ansioso por lá, no meio daquelas cenas explícitas de sado-masoquismo (só pensando em acender seu baseado) perguntou a sua mãe se aquilo se tratava de alguma coisa relacionada a lista de Fachin ou a uma peça de Euripides. A mãe, apesar de levar um precioso rosário de pedrinhas de vidro no pescoço, nem soube dizer, ficou em dúvida se Euripides, Pilatos e Fachin eram a mesma pessoa... Depois, com uma expressão de melancolia cochichou-lhe: silêncio, que é o filho de Deus,  E o adolescente insistiu: Ué! tá todo mundo há dois mil anos esperando a volta desse cara, e ele volta nessa condição lastimável! Por que é que ele não joga a cruz de lado e saca uma AR15 do meio daqueles trapos? 
A mãe, que sempre pensou a mesma coisa que ele, engoliu em seco, murmurou: vade retro e fez o sinal da cruz.
 Numa dessas igrejas até vão oferecer um almoço para os mendigos (ou para as classes subalternas - como diria Gramsci). No cardápio: risoto de bacalhau, já que a carne rosada esta proibida para hoje. Quem sabe... se tivermos sorte, mais tarde, bem mais tarde, depois que a noite caia sobre o mundo, depois de uma garrafa de vinho e depois da ressurreição!

3 comentários:

  1. Bazzo, Olhe a sangueira aí...
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/04/14/interna_cidadesdf,588509/mais-de-50-mil-pessoas-acompanham-a-paixao-de-cristo-no-morro-da-capel.shtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E olhe o cinismo aí:
      http://veja.abril.com.br/mundo/papa-fala-sobre-vergonha-para-a-igreja-e-a-humanidade/

      Excluir
  2. h.clicrbs.com.br/rs/porto-alegre/noticia/2017/04/via-sacra-reuniu-fieis-na-zona-leste-de-porto-alegre-em-sua-58-edicao-9772435.html

    ResponderExcluir