"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 2 de abril de 2017

Justin Bieber e as menininhas do Brasil...

Mais do que com os rumos e com futuro de nossa economia e de nossa política, os gerentes do Bem Estar Social deveriam estar preocupados com a saúde mental, com a soberania e com o porvir de nossas crianças e adolescentes. A histeria precoce, o sem sentido, a imaturidade e a burrice que se viu naquele rebanho de crianças que esperavam para assistir ao show do cantor canadense conhecido por Justin Bieber é mais do que suficiente para se elaborar um diagnóstico e um prognóstico negativo. É impressionante o desamparo, a alienação e o disturbio emocional daquelas meninas e daqueles meninos. (bem como de seus acompanhantes). E não o digo por moralismo, mas por vergonha! Onde estão os "gestores da pátria"? Os "pedagogos e os pediatras cristãos"? Os "psicólogos piagetianos"? Os "doutores da escola de Francfort"? Os "assistentes sociais da congregação de Madre Teresa"?

Nenhum comentário:

Postar um comentário