"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Existência líquida...

[... Assim, não se pode aprender a amar, tal como não se pode aprender a morrer...]
(Amor líquido, página 17)




http://www.corriere.it/cultura/17_gennaio_09/morto-zygmunt-bauman-b5f9d0aa-d689-11e6-b48b-df5f96e3114a.shtml


Nenhum comentário:

Postar um comentário