"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

XIII Dezembro 2016 - Brasília em cólera e em chamas...

No meio do tiroteio, dos gritos e das labaredas um adolescente esbravejava esta promessa de Trotsky: "Através da greve virá a revolução e através da revolução os trabalhadores e os operários fodidos conquistarão além do direito ao pão, também o direito à poesia".
(As fotos foram publicadas no CB e são de autoria do repórter Diego Ponce de Leão)







Nenhum comentário:

Postar um comentário