"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Para migrar do cérebro ao estômago... (ou: para ser mais leve com o populacho...)

Para ouvir a música clicar no canto esquerdo da faixa...




http://video.corriere.it/i-tortellini-brodo-fatti-mano-prosciutto-modena-dop/b691dd0c-c863-11e6-b72f-beb391d55ecd

Nenhum comentário:

Postar um comentário