"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Roma: cidade santa, povo infiel... (Como diria Niccolò Paganini) 2


Este mendigo da Romênia ficou extremamente comovido quando soube que eu conhecia o famoso Cemitério Feliz de Bucareste. Enquanto beijava a moeda de dois euros que lhe dei, recitou esta frase de Jacques Lacan: "Un uomo che si crede un re è folle, un re che si crede un re non lo è di meno..."







Nenhum comentário:

Postar um comentário