"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 31 de julho de 2016

Pode ter sido pura coincidência...

Todo mundo viu nas imagens de antes de ontem o Papa visitando o Campo de Concentração nazi de Aushuwitz em cuja entrada ainda está a placa cínica na qual, os alemães de Hitler, para humilhar os prisioneiros, escreveram: "Arbeit macht frei"  O TRABALHO NOS FAZ LIVRES. Já ontem,  todo mundo viu novamente o Papa, agora falando para os jovens poloneses e insistindo para que eles não se deixassem dominar pela preguiça. 
Estou sendo preconceituoso ou existe realmente um nexo entre o que está escrito na entrada de Aushuwitz e o conselho do Papa? Ou tudo teria sido mera coincidência? Uma espécie de armadilha do inconsciente?

Nenhum comentário:

Postar um comentário