"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

segunda-feira, 25 de julho de 2016

O baiano do gergelim...


"Eu não lhes concedo o direito de cidadania na urbe do pensamento..."
V.V

Foi noticia em todos os jornais do país de ontem a aventura do baiano que ameaçou explodir uma bomba num local onde estava sendo realizada uma prova da OAB. As histéricas fizeram um escarcéu e aproveitaram para checar os nervos, os hormônios, a garganta... e a polícia apareceu em tempo recorde, toda de preto, mascarada, o dedo no gatilho, as sirenes a todo vapor e com todo o aparato de guerrilha disponível. Mas foi um fiasco! Rapidamente constataram que o "colete de explosivos" daquele lunático era composto apenas por caramelos e sementes de gergelim (uma semente de origem asiática que melhora o funcionamento intestinal) e que o pobre moço não tinha relação alguma com o estado islâmico e nem sequer com o estado onde vive. Que se tratava de um dos milhares de bacharéis em direito que, apesar de terem gasto uma pequena fortuna na aquisição de seus diplomas, não conseguem passar nos tais exames da OAB que, na realidade, se limitam a perguntar ao candidato quanto é 6X8 e quem foi Rui Barbosa. 
Tudo bem que o Ministro da Justiça, o exército, as polícias, os agentes, os alcaguetes, os bispos, os espias, as velhinhas fofoqueiras estejam todos nas ruas com seus tanques, seus cachorros, seus fuzis, seus rádios digitais, seus telescópios, suas algemas, seus rosários, porretes de taekwondo, espadas, cavalos, granadas, bíblias e etc., atentos e ligados nas estórias de terrorismo, mas é bom que saibam que existe uma outra forma de terror vigente e tolerada de cima a baixo nos subterrâneos da pátria (a burrice) que se não for identificada e erradicada a tempo, acabará humilhando, emporcalhando e destruindo o país... 
Veja-se a poluição na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, às vésperas das tão idolatradas e infantis Olimpíadas. Querem uma ação terrorista mais devastadora e perversa do que esta!?
Em tempo: De vez em quando paro diante de um espelho que existe aqui na minha sala, me olho bem dentro dos olhos e recito: Bazzo, deixe de ser idiota, chega de ficar enchendo o saco do mundo com essa choradeira. O rebanho é isso aí mesmo! E depois, já é tempo de acreditar naquilo que disse d'Emily Dickinson: "a alma escolhe a sociedade que lhe convém e fecha a porta"  (The soul selects her own society then shuts the door)

6 comentários:

  1. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2016/07/25/internas_polbraeco,541562/ex-senador-eduardo-suplicy-e-detido-em-reintegracao-de-posse-em-sao-pa.shtml

    ResponderExcluir
  2. O Brasil é o campeão mundial de bacharéis. O número de faculdades com curso de direito é superior à Europa e Américas.

    Em 2010 os EUA tinha 300 [trezentos] cursos de direito; o Brasil 1.200 [um mil e duzentos].

    A previsão, da própria OAB, é que em 2018 exista um milhão de advogados inscritos na Ordem.

    Aqui em São Paulo, capital, se chutar uma lata de lixo sai meia duzia de advogado.

    Eduardo C. Reis

    ResponderExcluir
  3. http://veja.abril.com.br/brasil/homem-ameaca-explodir-local-de-prova-da-oab-na-bahia/

    ResponderExcluir
  4. http://veja.abril.com.br/esporte/insatisfeitos-suecos-tambem-deixam-a-vila-olimpica/

    ResponderExcluir
  5. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2016/07/26/internas_polbraeco,541786/em-treinamento-para-as-olimpiadas-caca-da-marinha-cai-no-mar-do-rj.shtml

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo é universitário. Isso é elite? Tem curso na internete, tem presencial com aula uma vez por semana.
    De tanto minha mãe encher o saco preu ter diploma, depois de largar tantos cursos comecei um tal pedagogia da Ulbra.
    Não sei o quê justifica o curso ser "superior" porque só se limita a recordar as matérias do colegial. Menos matemática. Essa não tem.
    Um curso superior pressupõe algum conhecimento superior, além do que se aprendeu até então. Só relembrar o que se aprendeu antes, pra justificar que se chame de curso superior, é muita picaretagem.

    ResponderExcluir