"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 13 de julho de 2016

E depois, ainda querem dizer que isto não é um circo...


Para ouvir a música clicar no canto esquerdo da faixa




Quem é que poderia imaginar que o ex governador, depois de puxar umas semanas de xilindró, ainda teria energias suficientes para fazer esse caminho de bundões? 
E o tal Tiago? Santiago! Quê de santo não devia ter nada? 
Que deve pensar desses bundões que, em seu nome, um belo dia, se aposentam, deixam suas limousines em uma garagem de Pamplona e se lançam pelas encostas espanholas cheios de band-aids nos calcanhares, um pão integral e dois rolos de papel higiênico na mochila, sem falar dos escapulários enrolados nas cuecas ou nas calcinhas com o pretexto de "expiar" o mau caratismo, a ladroagem e as sacanagens de suas vidas? 
Dos brasileiros, todo mundo se lembra quem foi que inaugurou esse exotismo e essa bizarrice. Depois dele outros milhares estiveram por lá com o Diário de um mago em baixo do braço, esperando que o milagre se repetisse, mas não aconteceu mais nada. Só bolhas nos calcanhares, problemas na coluna y nada más
Paulo Coelho - apesar do invejosos -, foi o único merecedor das graças de Santiago. De um Zé ninguém qualquer tornou-se do dia para a noite um mega bilionario vendendo suas bagatelas & bobagens literárias aos rebanhos analfabetos da terra. Sim, mesmo os céticos e os professorsinhos invejosos da academia acreditam que só pode ter sido um milagre, já que seus livros continuam sendo consumidos e lidos vorazmente em qualquer aldeia do planeta, inclusive em Paris... e até por bestas esclarecidas!
Que os jovens e os neófitos das mais variadas regiões do mundo queiram fazer essa pilantragem espiritual, aproveitando para puxar um fumo, ir trepando pelos albergues e otras cositas más, tudo bem.., mas que um ex-governador, quase no fim da carreira existencial, depois de ter puxado uns dias atrás das grades tenha se atrevido a tanto... Ah!, isso é um show! Algo mais do que espetacular e surrealista! 
Fico imaginando que se a moda pega, se todos os políticos que aqui  estão indiciados por corrupção ou por outras façanhas monetárias resolverem fazer essa caminhada, logo logo o caminho de Compostela, de tanta gente, será confundido com a peregrinação anual à Meca...

Nenhum comentário:

Postar um comentário