"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Aos que se perderam e nunca mais voltaram do estado de Maharashtra... (Poona)

"Sou um trapaceiro. Você não pode me trapacear. Eu trapaceei tantos trapaceiros..!"  


5 comentários:

  1. Ezio, ou ficou muito misterioso ou eu sou realmente burro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vamos admitir que você é burro.
      O pensamento é de um charlatão indiano genial e Poona e a cidade da Índia onde ele tinha seu "templo". Nos anos 70/80 muitos porra-loucas ocidentais iam para Poona ser seus discípulos e seguidores. Inúmeros deles enlouqueceram por lá e nunca mais voltaram.
      A respeito da metáfora ou da idéia do trapaceiro, é apenas um resgate que faço de sua inquestionável genialidade, algo que me parece excelente!

      Excluir
    2. Sinto-me bem melhor tendo entendido. obrigado :)

      Excluir
  2. http://veja.abril.com.br/ciencia/hoje-e-o-fim-do-mundo-diz-site-polos-magneticos-sao-os-culpados/

    ResponderExcluir
  3. Osho é genial mesmo! Falou(?) muita coisa boa misturada com essas ideias de deuses e reencarnações. Se abstrair essas ideias e focar no auto conhecimento que ele mesmo propõe e se se prestar a atenção que nós andamos mais dormindo que acordados na maior parte do tempo dá pra elegê-lo como charlatão preferido! É meu charlatão preferido mas tenho pouca cultura pra citar outros mais.

    ResponderExcluir