"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Um estímulo ao nomadismo... (Fotos publicadas ontem, no jornal El Pais)


"Um escravo a quem se deixa a porta de sua cela aberta e se lhe diz: parte!... e que retrocede tremendo, que se abraça às correntes e não parte, por que se queixa da penumbra e da dor de sua prisão?" Vargas Villa
















Nenhum comentário:

Postar um comentário