"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Y así pasan los dias...



1. Enquanto o gorduchinho da Coréia do Norte, com sua bomba de hidrogênio, ameaça cortar o mal pela raiz, nós ainda nos perdemos em pesadelos e em batalhas contra o preço do arroz e da cachaça, com a variação do dólar e com os mosquitos, aliás, nem é com os mosquitos, mas com suas larvas que, de um dia para outro podem amanhecer saltitando no pseudobulbo de uma orquídea e dias depois, mandar-nos para o cemitério e, quizás, para o inferno......


2. Na França e praticamente no resto do mundo todos estão escandalizados com a Edição Especial do semanário Charlie hebdo, que estampou em sua capa uma caricatura de "deus" chamando-o de assassino. Nós também nos escandalizamos com essa Edição, mas por outro motivo: por descobrir que seus editores nem sequer são ateus... Como os acusavam os terroristas...





3. Já, no México, insistindo em permanecer na Idade Média, dão como certas as premonições de um pobre bruxo.


...Y así pasan los dias..!





Nenhum comentário:

Postar um comentário