"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O zigue-zague da república...

Sócrates — Logo, a justiça só é útil quando o dinheiro for inútil?
Polemarco — Creio que sim.
(Na República, de Platão)


A cidade amanheceu eufórica e festejando a "abertura" do impeachment da presidente. Desde criança assisto a essa manada indo das lágrimas às gargalhadas, em questão de horas e quase sempre sem noção. E o pior: ainda achando que algo pode melhorar. Ora, é inacreditável que ainda não tenha entendido que, em todos os sentidos, a vida no amanhã será econômica, cultural, sanitária, corporal, amorosa, climática, ética, e etc., muito pior. Tanto a nível pessoal como a nível geral.

5 comentários:

  1. A direita no Brasil sempre foi golpista. O pedido de impeachment da Presidente Dilma não passa de latidos de perdedores. O senador pelo Leblon, Aécio Escobar, ou melhor, Cheirécio Neves, e suas "Aeuzetes Juramentadas" estão em festa, igual hienas na carcaça. Doce ilusão. Querem fazer igual a 1955, em que a direita raivosa, tentaram por todos os meios, impedir a posse do presidente Juscelino. Um país ético depende da honestidade de seu povo. Nesse país de Macunaíma, movido a malandragem, tudo é possível. Para mim, quem pegou em armas para enfrentar uma ditadura covarde e sanguinária são verdadeiros patriotas. O Cheirécio e o Cunha não valem ás fezes da Presidente Dilma..Morram Urubuzada, Rogério. Porto Alegre

    ResponderExcluir
  2. Ezio, aqui é o Diego Tardivo. Quero falar do cara acima. É esse tipo de idiota que lê seus livros? É por isso que não publico...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Anta! Não julgue os outros por você. Você sim, é um IDIOTA AO QUADRADO. Outra coisa seu saco de merda, pega o cheirécío Escobar, tua paixão, e enfia no teu CÚ ARROMBADO. lIXO.. Rogério Cavalcante.. Porto Alegre

      Excluir
  3. “O populismo PTralha ama tanto os pobres que os multiplica”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra AEUZETE revoltada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rogério Poa

      Excluir