"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

O SER E O NADA - Paris continuará sendo uma festa...


















"Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso". 
Bertolt Brecht 

Prestem atenção como os desvairados atentados em Paris causaram muito mais desolação entre os pequenos burgueses que entre outros tipos de mortais. Ouvi hoje pela manhã duas moças quase em prantos porque tiveram que cancelar suas viagens a Paris. E Paris, para elas, entenda-se bem, quer dizer Galerie Lafayette, sapatarias de Saint Germain des-prés e Café de Flore onde o velho Sartre e a malandra Simone gostavam de passar suas idílicas tardes. Possivelmente não tenham nem notícias do Ser e o nada, mas isso é puro onanismo intelectual e depois, por parte delas, a mise-en-scéne é inevitável. 
Mas todas as previsões em contrário são bobagens: Paris continuará sendo uma festa. Com seus neuróticos bouquinistes mascando charutos às margens do Sena e com seus bateaux mouches lotados de turistas quase beócios... Cada um com seu celular ou com sua câmera clicando para todos os lados... Os terroristas serão fuzilados um a um e os que sobrarem, eles próprios se explodirão e tudo voltará à beleza, ao tédio e à melancolia de sempre".

Um comentário: