"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O câncer publicitário...

"Si un homme veut être sûr de son chemin, qu'il ferme les yeux et marche dans l'obcurité" 
S. J de la C.




Depois de torturarem as pobres mulheres durante uns vinte ou trinta dias com a história do "câncer de mamas", luzes de cor lilas e demagogias para cá e para lá, agora começaram a massacrar os pobres homens com a velha e inútil próstata... Luzes azuis e discursos épicos por todos os lados...
E o massacre vem de longe: "Cuidado com o hímem!""Cuidado com os corrimentos!" Olha o HPV aí meninas!" Muito cuidado com os pentelhos encravados! "Olha a gonorréia comendo solta por aí!"Não se deixem engravidar!
Já com os meninos: "Não exagerem na punheta!" Cuidado com as infecções e com a fimose! Nada de comer galinhas! Olha a sífilis aí garotos... etc, etc..... É inacreditável o funcionamento dessa máquina de angústia que é a cultura, o Estado e a medicina. E mais inacreditável ainda essa obsessão por querer prevenir o inevitável e para querer curar o incurável... 
Mas não desanimem e não tenham medo. Haverá de chegar o dia em que a ciência ou a religião, a física ou a metafísica, a antropologia ou a teologia conquistarão o milagre de levar-nos para o crematório ainda em plena forma e plenamente saudáveis...

2 comentários: