"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Eis aí a besta reencarnada...


Britânico entediado com a humanidade resolve viver como uma cabra nas montanhas suíças...

[Nous avons refusé ce que voulait en nous la bête, et nous voulons retrouver l'homme partout où nous avons trouvé ce qui l'écrase].
A. Malraux

Nenhum comentário:

Postar um comentário