"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sábado, 6 de junho de 2015

Iatrogênia social e cultural... Ou, acredite se puder...



Como resmungaria Pasteur: "Não é a profissão que honra o homem. É o homem que honra a profissão". 

2 comentários:

  1. Prezado Ezio, não é apenas em Brasília que encontra-se mendigos espalhados pela cidade, creio que nos grandes centros urbanos há milhares deles dormindo embaixo das marquises... Ontem acordei cedo, e ao descer para tomar café em uma padaria perto de casa, esbarrei com alguns deles dispersos pelas esquinas... Em frente à banca de jornal, envolvido nos mais variados tecidos, um deles lia as manchetes dos jornais que estavam em exposição, e exclamou: "- Deveriam levar os pacientes contaminados pela super bactéria para os postos médicos mais equipados de Brasília que devem ser estar nos (as): Câmaras, Senado, Palácios, Gabinetes, Tribunais, Procuradorias, Defensorias, Ministérios... Se a bactéria baixasse lá, das duas, uma: ou a Esplanada ficaria totalmente vazia, ou chamariam as Forças Armadas para detê-la... E saiu dando gargalhadas...".

    ResponderExcluir
  2. POR FAVOR, SOLICITO QUE DIVULGUEM O LINK ABAIXO... TALVEZ SEJA A ÚNICA FORMA DE GANHAR A LIBERDADE...

    https://secure.avaaz.org/po/petition/TODAS_AS_ENTIDADES_DE_DIREITOS_HUMANOS_PRINCIPALMENTE_AS_INTERNACIONAIS_INTERFERIR_PERANTE_O_GOVERNO_BRASILEIRO_PARA_QUE/?naQHVab

    ResponderExcluir