"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Vai um yakissoba aí? O poder da crueldade, dos mitos e dos tabus...

Meu correspondente no Rio de Janeiro enviou-me uma matéria repugnante e em plena crise de vômito. Diz que a pastelaria onde ele lanchava todos os dias (Parada de Lucas) foi interditada pela polícia por rechear seus pasteis com carne de cachorro. 
No freezer, segundo ele, estavam vários cachorros que, sem o couro, eram idênticos a ovelhas. Cachorros de rua que eram abatidos a pauladas. Que tal? 
Mas, quem é que não sabe que na China já comeram todas as raças desses bichos!
E é curioso que um cachorro no freezer cause tanto espanto, repugnância e vômito ao meu correspondente, enquanto que as vacas, os cabritos, os leitões e os frangos só lhe abram o apetite...
Onde estaria a diferença? Se todos os animais são abatidos com a mesma crueldade: pauladas, tiros, choques, enforcamento, facadas e etc?
E os chineses sempre nas pastelarias e sempre em foco!
Em Paris, nos anos 80, como não se encontrava nenhuma tumba de chineses nos cemitérios da cidade, se espalhou a desconfiança ou o mito de que os chineses que morriam por lá também, como os cachorros de Parada de Lucas, eram transformados em guisado. 
Vai um yakissoba aí?

6 comentários:

  1. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/mundo/2015/04/20/interna_mundo,480043/video-de-homens-matando-caes-com-injecao-de-acido-causa-protestos-no-i.shtml

    ResponderExcluir
  2. Nem cachorro, nem gato, nem pato, nem vaca, nem boi, nem ovelha, nem cabra, nem coelhos, nem tatu, nem gambá, nem rã, nem peixes, nem baratas, nem cobras, nem lagartos, nem passarinhos...Tudo o que se mexe não devia ser comido, sacou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem voce, deve ter um gosto horrível...

      Excluir
  3. A cultura é algo incrível, faz com que as pessoas aceitem certos hábitos sem refletir.
    Se horrorizar em comer cachorros mas não se importar de comer outros seres igualmente sencientes.

    Segui sua dica, Campos de Carvalho é muito bom !

    ResponderExcluir
  4. Como carne porque "me gusta", lo he oído tantas veces que me recuerda, al psicópata que dice que mata porque "le gusta", al violador que no lo puede evitar "porque le gusta". Si conoces el proceso que lleva la carne a tu plato, y aún así sigues comiéndola porque "te gusta", deberías asustarte de ti mismo y preguntarte hasta donde podrías llegar, que otras cosas serías capaz de hacer porque "te gusta".

    ResponderExcluir
  5. Absoluta certeza de que essa nossa raça humana não deveria ter prosperado... Poeira que o universo teria dispensado e simplesmente prosseguido com suas forças de equilíbrio. Horas e horas em prol de uma aceitação que torna a existência humana possível seriam evitadas. A beleza que há não compensa os sofrimentos que hão. Vejo assim.

    ResponderExcluir