quarta-feira, 18 de junho de 2014

Duas leituras fundamentais para deixar de ser um bobalhão otimista e para transcender o raciocínio infanto-juvenil...



Um comentário:

  1. boa dica, mas eu acho que não há mais jeito.

    ResponderExcluir