"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 17 de setembro de 2013

PELO MENOS NOSSOS DOIS MINUTOS DE ÓDIO!..

[ Se siete compassionevoli con i crudeli,
terminerete essendo crudeli con i compassionevoli]
Talmud

Apesar de toda a expectativa e da cólera circulante, já não tem mais muita importância a opção de amanhã do ilustre "Decano da corte". Esta última semana, que foi de humilhação generalizada,  serviu para que todo mundo descesse às profundezas dos esgotos  judiciários para ali revirar o estômago e as tripas... 
Como disse o porteiro de meu prédio: não há nenhuma réstia de luz no firmamento! 
Portanto, se disser "sim" ou se disser "não", já não tem mais sentido algum. O que é mais indigesto nessa infâmia toda é a possibilidade dele poder dizer tanto uma coisa como outra impunemente, a partir apenas de seu "status" quase divino e de suas "convicções", quando sabemos que nossas convicções são de uma fragilidade de fazer pena. 
E depois, mandar mais cinco ou seis homens para a cadeia é inútil, quando sabemos que há milhares lá nas cadeias que já deveriam estar soltos e outros milhares na ativa que, por suas atividades, poderiam pegar mais de quarenta anos. 
O que na verdade, além do porteiro de meu prédio, todo mundo está  realmente querendo saber é em que porra de idioma e de linguagem está escrito esse Código Penal e essa Constituição? Que porra de idioma é esse que homens de quase setenta anos, diante do mesmo fato e das mesmas circunstâncias podem entender uma Coisa ou outra Coisa e valer-se dos sofismas que bem entenderem? 
Enfim, se por um lado, aceitar os tais embargos infringentes, essa malandragem mafiosa dos mandarins do direito, significa que a espera e o trabalho de sete anos foi apenas uma masturbação senil e estéril regada a chazinhos, suspiros e a croissants!, por outro,  não aceitar,  é admitir que naquele palco iluminado o mau caratismo é quase hegemônico e que pelo menos cinco daqueles capas pretas são charlatães a soldo que deverão, data vênia, ser mandados plantar batatas. 
E não pensem que depois de tal decisão alguém sairá às ruas com archotes e com foices. Não. O day after será tão melancólico como este previous day, com todos nós sendo passivamente devorados pelo micróbio da inércia e da estupidez! 
Mas relaxem que a fila de cretinos para ver a Beyoncé já está dando voltas nos quarteirões brasilienses!!!

3 comentários:

  1. Show! agora, Beyoncé de cu é rola!

    ResponderExcluir
  2. noite dessas parei pra ver os caras da toga preta , todos com os egos inflados, infantis e senis ao mesmo tempo, todos numa guerrinha de egos, me desculpem a grosseria mas esses mandarins da Justiça, incluindo algumas mulheres que aliás são feias e velhas como o demônio, são tudo lixo humano, eu dou mais valor para os vermes que tenho dentro do meu corpo do que praquelas figuras negras patéticas que lembram corvos. sinceramente não vejo a hora de morrer duma vez ou criar coragem pra me matar, eta vida besta a brasileira!

    ResponderExcluir