"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 17 de julho de 2013

A VINDA DO "REPRESENTANTE DE DEUS" AO RIO DE JANEIRO... (1.)

[A escolha que temos pela frente é simples: podemos ter uma conversa do século XXI acerca da moral e do bem-estar humano - uma conversa na qual recorremos a todas as descobertas científicas e argumentos filosóficos acumulados nos últimos dois mil anos de discurso humano - ou então podemos nos confinar a uma conversa do século I, tal como preservada na Bíblia. Por que alguém haveria de querer adotar a segunda opção?] Sam Harris.

Um comentário:

  1. Putz...nem falar!
    Lamentável essa condição que nos impõe o retrocesso como via de mão única. As religiões continuam incisivas no massacre, na castração do indivíduo e na imbecilização da sociedade, mas...Habemus Papam.
    Que preguiça disso tudo. Estou cansada.

    ResponderExcluir