"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Velhas janelas que dão para o velho porto... Ou,.. do ócio inútil...












Um comentário:

  1. Ezio, tenho fascínio por portas e janelas e pelo sentido reversível que elas têm: entrar ou sair, olhar para dentro ou olhar para fora. As janelas antigas e decadentes das tuas fotos destoam da uniformidade monótona daquelas que servem a uma tendência arquitetônica ou a uma imposição estética qualquer. Essas nada dizem da vida que há por trás delas. As que colheste são fantásticas na medida que expõem uma despojada humanidade.

    ResponderExcluir