"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Cai Guo-Qiang e o mendigo K...

Acabo de encontrar o mendigo K nos arredores de onde está instalada a exposição do chinês Cai Guo-Qiang, estava à sombra de uma dessas árvores demoníacas do cerrado folheando um livro de umas duzentas e tantas páginas de Ítalo Calvino, titulado Eremita em Paris.  Como sabe que sou semialfabetizado aproveitou para questionar a mistificação que se fez desse escritor com sua inconfundível dialética italiana e, revelou-me uma curiosidade: Calvino nasceu em Cuba, num vilarejo chamado Santiago de Las Vegas... 
- Que tal a exposição do china? - perguntei-lhe.
- Mais uma bobagem - respondeu, e aproveitou para fazer o que mais sabe, criticar: Cada dia estou mais convicto de que para ser artista é necessário ser meio autista! Imagine quanto devem ter gasto para trazer essas porcarias da China para cá... E ainda estão chamando o cara de Da Vinci do povo! Qualquer mentecapto faz isso aí se tiver uma oficina nos fundos de casa... Nunca imaginei que fosse chegar aos 60 tendo uma visão tão real e tão aterradora do mundo e das manadas! E o pior, é que sempre foi assim. A essência não se altera! Veja a putaria no Vaticano. Desde que foi fundado nunca deixou de ser uma espécie de prostíbulo. E, o mais bizarro, é que isso em nada alterou a "fé" dos beatos ao longo desses séculos. Continuam lá, os joelhos calejados, as pálpebras caídas sobre as córneas, a "alma" dando piruetas no meio dos abismos... Observe, como, no fundo, no fundo, todo mundo é amoral, não está nem aí para nada! Todo mundo finge acreditar nisto ou naquilo, ser desta ou daquela ideologia, deste ou daquele time, mas é tudo teatro para não fazer contato consigo mesmo... Veja o futebol! Noventa por cento da vida dos sujeitos, mortos de fome ou morbidamente saciados, gira ao redor dessa idiotice... E se agrava e se agrava... Veja a política! Tanto se lutou para sair de uma ditadura fardada, opressora, vil e autoritária, e agora estamos puerilmente caindo numa outra, civil e tão abjeta como aquela... Os bandos que acossaram a menina cubana nesta semana estão aí para ilustrar... E Veja os sessenta canais de TV... absolutamente só merda condensada, propaganda de merda superfaturada, ideologia de merda sobre as donas de casa solitárias e vulneráveis... E a saúde mental, então! Quem viu na semana passada a quantidade e o relato de doentes mentais confinados em prisões comuns ou em "depósitos de loucos" ficou indignado. Mas é só indignação e a indignação, neste estágio de demência generalizada, não serve para nada!

Um comentário: