"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 19 de abril de 2012

PERSONALIDADES: SE FOI A HILLARY... CHEGOU O CACHOEIRA..


Foi só a Hillary virar as costas e partir, para que chegasse o Cachoeira. Está ali na Papuda, com toda sua simpatia compartilhando a cela com alguns colegas de profissão e esperando a hora de valer-se do sagrado direito de ficar mudo. De não gerar provas contra-si-mesmo, ou então, de jurar que não sabe de nada, que não viu ninguém, que nem tem ideia do que é contravenção; que ama a pátria acima de tudo; que seus atos foram todos republicanos; que ganhou seu dinheirinho com o suor de seu rosto, já que sua vida tem sido mais dura que a de Sísifo; que por amor à verdade, libera espontaneamente o sigilo de suas contas bancárias (no Brasil); que na plateia só vê mulheres, homens e cidadãos honrados e de bem; que sempre temeu e fez de tudo para evitar na sociedade a metástase da imoralidade; que o fisco tem lhe comido o fígado com o mesmo apetite do abutre que diariamente mutilava as visceras de Prometeu; que está sendo injustiçado; que foi vítima de adversários políticos; que tem esposa, filhos, uma família imensa (todos católicos apostólicos romanos); que paga o dízimo em dia e que inclusive odeia jogos de azar, pois leu a Dostoievski e sabe o quanto é imenso o risco da desgraça advir  de dentro de um simples caça-níqueis enfim, que deus é brasileiro e que haverá de reestabelecer a verdade dos fatos... Como não acreditar nele e em Deus? Deus que, aliás, ultimamente, só tem “reestabelecido” a verdade dos fatos a favor dos contraventores, sempre quando estes são milionários, evidentemente... Quando são pobres e fodidos é o diabo que entra em cena com sua trupe de pequenos, moralistas e incompetentes bacharéis para deixá-los propositadamente à deriva, serem condenados e empurrados para a cadeia e de lá para o inferno... Independente de tudo isso, não lhes parece uma imensa injustiça prender o Cachoeira quando acabam de soltar o Cacciola???  Que esse senhor não abra a boca diante de seus inquisitores é previsível. Com aquele jeito de padre deve ter lido a Voltaire e saber que se “dizer um segredo dos outros é traição, dizer um segredo a respeito de si mesmo é uma imensa burrice”...
Enquanto isso...., no Congresso... com exceção de alguns que adoeceram misteriosamente, há filas inéditas e nunca vistas para aprovar a instalação da tal CPI.  Prova de quê? De que os velhos sábios do Senado e os jovens esperançosos e revolucionários da Câmara não se furtam quando a nação, em apuros, conta com eles. Quê demonstração de honestidade e de amor incondicional!!! E quem sempre acusou irresponsavelmente àquela casa de assemelhar-se a uma Bolsa de Valores terá agora que engolir a língua e admitir que ela se parece mais é a um claustro de carmelitas ou até mesmo a um mosteiro de santos... Claro que na intimidade da famiglia, com as cortinas fechadas, longe dos holofotes e das escutas da polícia, as madrugadas são longas e servem para, furtivamente, rasgar papéis, mudar de lugar os caixotes de joias e de Libras Esterlinas, transportar para outros esconderijos os lingotes de ouro, a relação de bens, aqueles pedregulhos de diamantes e, claro, dar um sumiço nas agendas e nos códigos das contas de Hongkong e etc. Tudo com a singela participação das matronas empetecadas e deslumbradas e, claro, da prole, que vem sendo treinada para, no porvir, ocupar lá no seio da esquizofrenia política o trono do patriarca. 

Um comentário:

  1. Acabei de chegar do forum, triste e abalada... Eu sempre soube que a perseguição pela qual estou passando foi disparada pelos militares da era FHC, e que com o tempo ganhou maais alguns adeptos da classe política e empresarial, por meio da troca de favores. Hoje, fui no tribunal ver o processo que o tal juiz que me roubou, inverteu a causa e está me processando por danos morais, só porque eu enviei o caso para o CNJ, Corregedorias, OAB´s, e outras instituições que não fazem nada...Lendo a ficha do rapazinho, onde ele se apresenta como um cidadão de conduta ilibada, encontrei a ponta desse "iceberg"...Dentre todos as qualidades que ele cita dele mesmo, uma delas ele coloca com toda pompa que foi OFICIAL MILITAR por dois anos, antes de ingressar no magistrado...BINGO! Uma das estratégias dos milicos, além de me isolar social e profissionalmente, é me falir, até me levar à loucura...Bem, não preciso nem dizer para quem o juizinho está trabalhando, e até imagino o que deve ter recebido em troca, talvez um apartamento na Barra, ou quem sabe, a transferência para uma monarca em que seja mais fácil a "ascenção profissional"...

    ResponderExcluir