"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Enquanto uns rebanhos mendigam trabalho e algemas, outros querem saber apenas de luxúria e circo... E há outros e outros... O mundo é um palco!


















































Um comentário:

  1. Vale uma leitura de José Ingenieros, especialmente sua obra "O Homem Medíocre". Neste mundo medram seres medíocres que clamam por uma rotina covarde e aprisionante. Existem, também, animais que estão abaixo da mediocridade. Estará a sociedade brasileira abaixo de uma mediocridade aceitável pela vida civilizada?

    ResponderExcluir