"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 30 de março de 2011

UM DOCUMENTÁRIO SOBRE EMIL MICHEL CIORAN...

Um comentário:

  1. Percebo através do filme que Cioran possuia um olhar límpido e cheio de bondade e isto contradiz o que as pessoas falam a respeito dele. A questão da solidão tb é muito interessante. Vou ler Cioran.

    ResponderExcluir