"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

CopyLeft: Entre os gritos do carcará e a desfaçatez da raça humana...

3 comentários:

  1. Este livro é um voo sobre a região agreste do São Francisco. Por todo o percurso do rio, sua gente, sua paisagem, suas particularidades sob a ótica "sui generis" do autor. É um livro para gente grande, sobre o nada da existência, o tudo que vivemos.

    ResponderExcluir
  2. ae vey, mto doido teu blog!! mais um poko tu ultrapassa o kibeloco em numero de visita! puro sucesso!!!

    ResponderExcluir
  3. Estimado sr ezio bazzo
    Meus parabens por seus blogs, seu livros q me suscitaram grande interesse
    Estava procurando conhecer mais um pouco sobre rawet, um amigo meu encontrou num galpao de reciclagem os contos do imigrante e oi paixao a primeira pagina, e descobrimos um escritor fantastico, maldito, existencialista, um errante como nietzshe
    Parabens. Obrigado por sua visao sobre rawet
    At fernando fuão
    Vou tentar achar mais obras
    Principal,ente o terreno de uma polegada quadrada ja. Sou arquiteto e prof.

    ResponderExcluir