"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

quinta-feira, 16 de abril de 2009

A ANVISA avisa: atrás da cara cristã do agricultor pode se esconder um criminoso


Metamidofós, Endossulfam, Acefato e outros agrotóxicos proibidos há décadas em outros países estão transformando esta nação numa imensa enfermaria.

- Que tal uma sobremesa de morangos? 36% envenenados.
- Que tal um pimentão recheado à moda mexicana? 64% com venenos.
- Que tal um mamão para a prisão de ventre da vovó? Envenenado.

O abacaxi, a laranja, o tomate, a cenoura, a batata, a cebola etc, etc., tudo com dosagens mortíferas de veneno.

Apesar da inércia generalizada sempre é bom repetir que o grau de civilidade de um povo não se mede apenas pelo tamanho das filas de doentes em seus hospitais, mas principalmente pelo grau de sabedoria de seus produtores agrícolas e de seus cozinheiros. Entre nós, não é novidade para ninguém, estes dois setores estão relegados a analfabetos.

Ezio Flavio Bazzo

Um comentário:

  1. ezio, teu texto me inspira algo: sei que não há o casal monogâmico cultura e natureza, mas se é para comprar uma boa briga, sou o lascivo amante da natureza; e/ou, terrorista anti árvore genealógica da subordinação aos malditos agricultores, criadores de gado, porcos e galinhas e camponeses que reduziram radicalmente as fontes de alimentação variada; e/ou, sabotador do monopólio de desprezíveis cozinheiros que introduziram a cárie dental, as carências alimentares e as doenças infecciosas em nosso cardápio.

    ResponderExcluir